sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

DESCOMPLICADO




Dormir sem ter compromisso
Cabeça vazia no travesseiro
Acordar sem ter hora marcada
Sair sem saber para onde
Prosseguir por ai
Sem pressa
Voltar para lugar nenhum
Sem rumo
Despreocupado
Nem com o amanhã
Muito menos com o que ficou para trás
Ao redor nada a incomodar
Olhar para o alto e sorrir
Admirar a frente e seguir
Sem solução
Porque não há problema
Há um Caminho
Sem preocupação
Minha companhia sou eu
Distraindo-me com a paisagem
Verde ou em concreto
Cheia ou vazia
Mesmo que seja na turbulência sonora
Sem barulho
O destino é igual para todos
O roteiro cada um é quem faz

Wagner Pires

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

EM CONTEXTO




Associado em palavras,
Constroem frases.
Matéria prima
Nem sempre vira rima.
Palavras na minha vida
Algumas não são ditas.
Melhor ficarem escondidas,
No silêncio.
Já bastam as reveladas
Descritas em compêndio,
Um blog contando a rotina
Onde se misturam,
Confundem e revelam.
São do COTIDIANO, corriqueiras,
Simples, porém verdadeiras.
Verdade em sonhos
Que não viraram realidade.
Falta a oportunidade.
O que importa é descrever o sentimento.
Alegre ou triste,
Depende de cada momento.


Wagner Pires

COLAPSO




Início dos anos 60 e o Brasil cai no abismo da ditadura,
Lugar de onde nunca mais saiu.
Exatamente, nunca mais saiu,
Pelo contrário, se afundou cada vez mais.

País fechado, isolado.
Distante da modernidade.
Sem expressão e liberdade.
Rude e agressividade.

Na segunda metade dos anos 80,
Capengando no fundo do abismo
Do mundo sócio-econômico-cultural,
Torna-se um caos.

Com a falsa liberdade (manipulada)
Tudo é moderno e normal,
Drogas, sexo, palavras vulgares...
Entra governo, sai governo ninguém põe ordem: é animal.

É um país num caos no fundo do abismo.
Dizem que a criminalidade é por falta de leis.
O que mais tem são leis e pouca cultura.
Educação social para viverem as leis.

Não respeitam as leis,
Não cumprem as leis,
Não atualizam as leis,
Escondem-se nas leis.

Políticos e empresários, cidadão comum e facções criminosas.
Todos enxergam as leis como querem:
Sociedade, legislativo, executivo e judiciário;
Interesse próprio pelo poder e dinheiro.

Povo sem educação e respeito alheio,
Cultura em decadência desde o final dos anos 50.
Ignorância, mediocridade, incompetência;
Não adianta criticar partido A ou B.

É uma questão social,
Os partidos e seus políticos
São fruto da sociedade
Covarde por ser preguiçosa.

EUA conseguiu se livrar da máfia italiana
Através de um político que deu sua própria em 1963.
No final dos anos 70 governantes lutaram e
Baixaram drasticamente a criminalidade em NYC.

Neste mês, comemoraram
12 dias sem homicídio.
São Paulo tem média de
325 homicídios por mês.

Criminalidade é causa ou consequência?
É doença!
Mentes doentes, egoístas, corruptas;
Sem ética, que gera a desonestidade.

Nem me venham com discursos religiosos.
Assim como a política dos anos 60 e 70,
Se fecharam e se esconderam em quatro paredes.
Depois se tornaram neo-pentecostais!

O que é novo?
Nada de novo neste país moderno, igrejas "modernas".
Se tudo é permitido, venha como estiver e traga no bolso o que tiver.
Porque não buscar a prosperidade?

Prosperidade na conta e do corpo institucional,
E não da alma e saúde física.
Números é o mais importante,
Longe da qualidade e da Verdade.

A quem recorrer,
Ao Papa, ao Bispo, ao Apóstolo?
Afirmo que nenhum deles.
Estão preocupados com suas planilhas.

Esqueçam os provérbios populares.
Ainda bem que Deus não é brasileiro!
Isto é uma ofensa a um Deus sério, justo e honesto.
E se fosse, teríamos 9 mil km de deserto, cinzas e fumaça.

E se você pensa que vai relaxar na frente a TV,
Desista.
Monopólio manipulador, sanguessugas.
Fala o que quer somente para quem quer acreditar.

Não escapa nem o futebol.
A cada dia é um canal para lavagem de dinheiro
Sem procedência nacional ou internacional,
Facções criminosas nas federações, clubes e torcidas.

Nem perderei meu tempo
Criticando o carnaval:
No seu significado, importância, seja lá o que for
Em seus recursos financeiros: é o mesmo dos mesmos.

Enfim, o povo
Se curva e se cala
Por interesse, conivência, desconhecimento,
Desinteresse ou interesse próprio.

O Brasil é uma piada.
É o laranja para a economia mundial.
Nunca foi e está anos luz de ser referência.
Enganosamente tido como emergente, que está mais para indigente!


Wagner Pires

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

HISTÓRIA INACABADA.....




Porque teve que terminar assim
Interrogação
E são muitas as questões
Perguntas sem respostas
Ponto
Porém não é um ponto final
Afinal
Vírgula
Ainda há esperança
Exclamação
Clamando aos gritos
Dois pontos
Uma benção ou um milagre
Por misericórdia ou bondade
Não continuando
Do ponto interrompido
Ponto e vírgula
Encontrar-te-ei
No ponto de partida
Onde o rio encontra o mar
Reticências


Wagner Pires


sábado, 14 de fevereiro de 2015

CERTO OU ERRADO, O QUE IMPORTA






Ah, se eu pudesse despertar e abrir o arquivo da minha vida: chuvas, tempestade e trovoadas; e pudesse executar a função Ctrl+Z.
Teria o documento perfeito. O relato de uma vida bem vivida, o sol reinando.
Aproveitando cada momento, sorrindo e me divertindo. Teria vivido uma comédia romântica hollywoodiana com final feliz.

Teclaria Ctrl+Z e estaria guiando numa estrada apreciando a natureza com o vento frio batendo nos nossos rostos.
Cortando os bosques com suas folhas de outono.
A bela companhia ao meu lado, compartilhando o amor no mesmo objetivo com respeito.
Meu filho, passageiro nesta viagem da vida, este sim fiel companheiro.
Até mesmo nos duros erros da realidade que não são percebidos pelos descritos nos textos que não podem ser alterados.
Abrindo mão do conforto para prosseguir comigo mesmo não podendo executar a função Ctrl+Z para retornarmos no erro de alguns anos, somente depois detectado: mal planejado.

Mesmo que tenhamos este e outros erros apagados da memoria e perdoados, não poderiam ser esquecidos, pois servem para nos alertar e ensinar.
Além de nos ensinar, os erros nos faz conhecer o mundo e as pessoas: ingratidão ou compaixão. E, nem sempre solidários quando a preocupação é apenas egoísta – um mundo sem amor.

Ainda bem que não temos a função Ctrl+Z, deixaria de punir alguns injustiçados, pessoas sofridas, precipitados em algumas ações, entre tantos outros necessitados.
Mas também tornaria alguns hipócritas ainda mais poderosos na sua ânsia da corrupção.
Imagino o oportunista, egoísta, na sua fraude para beneficiar-se sem ao menos preocupar-se com a vida alheia.
Ou o criminoso na sua loucura de preparar a próxima vítima.

Executar a função Crtl+Z não tornaria a sociedade mais justa e perfeita, pelo contrário, tornaria a sociedade mais ambiciosa e manipuladora.

Nem assim, eu poderia seguir no meu caminho ensolarado de outono nas estradas que atravessam as florestas, ouvindo som de canções que alimentam a alma.
Tenho que peregrinar no desértico inverno solitário do caminho que tenho que seguir relatando palavras em documentos que serão arquivados na minha história.

E continuamos vivendo como num parque nem sempre divertido: dias de sol, outros talvez. Tentando desviar do lamaçal e das poças d´água que os dias de chuva deixaram.

E, prefiro mesmo que a vida não nos ofereça a função Ctrl+Z. A chuva em harmonia com o sol continua fazendo seu trabalho de regar a terra e produzir o verde.
Sem esta harmonia, encontramos terras secas ou alagadas, e ambas com dura vida.

O resultado final, sendo bom ou ruim, é fruto de uma ação, e não da intenção.

Na vida, podemos aprender com nossos erros das idas e vindas, mas nunca poderemos aprender alguma coisa quando nem ao menos tentamos e ficamos sentados observando pela janela e criticamos o sol e a tempestade!


Wagner Pires

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

CONFLITOS DO TEMPO




Há tempo
Em que eu não tenho tempo
Para programar o meu tempo.
Levando muito tempo
Preocupado com o tempo.
Com isso, meu tempo fica escasso.
Tendo este pouco tempo
Para apreciar o tempo.
Este tempo moderno é corrido,
Bem diferente do tempo passado, sem pressa.
O tempo não para,
O tempo voa como o vento.
Imagino como será o COTIDIANO no tempo futuro!
Porém, deve-se ter tempo para todas as coisas.
O tempo é uma gangorra,
Por isso fazemos previsão do tempo:
Tempo bom e de paz,
Tempo de luta, dor e dificuldades.
O tempo não pode ser um inimigo.
Temos que ter o tempo como aliado
Com o tempo para cada colheita
Determina o tempo de cada situação
Relata o tempo da nossa história!

“Tudo tem sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.....Sei que não há coisa melhor para eles do que se regozijarem e fazerem o bem enquanto viverem; e também que todo homem coma e beba, e goze do bem de todo seu trabalho é dom de Deus.”

Eclesiastes 2:1-13


Wagner Pires

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

CHOCOLATE




Chocolate ao leite cor de bombom
Desembrulhar e provar
Sentir o sabor do teu recheio
Morango sedutor

Chocolate branco, bem doce
E que doce: delicia e delicadeza
Meiga, apaixonei-me
Cobertura maracujá - passion fruit

70% cacau - amargo
Ainda assim saborosa
Rude e segura, determinação
Calda de laranja para contrastar o sabor

Chocolate com menta
Fogosa, ardente
Chocolate quente
Derretendo como sorvete, caliente

Prestígio é prestigiar o sabor tropical
Calor, água, matar a minha sede
De dar água na boca, cor bronzeada
Do nordeste, recheio de coco
  
Energia para curtir toda a noite
Morder cada pedaço
Doce de leite, Romeu e Julieta
Chocolate com amendoim

Caixa de bombons
Com suas formas e seus jeitos
Sabores e gostos
Todas da mesma natureza



Wagner Pires